Belas Pernas

on abril 8 | in Imprensa, Notícias | by | with No Comments

Exibir um par de pernas bem torneadas chama bastante atenção principalmente durante o verão onde as roupas ficam bem mais curtas. Para alcançar esses resultados a mulherada tende a caprichar nos exercícios físicos para ganhar contornos perfeitos. Afinal, todas querem exibir uma silhueta com pernas definidas e arrasar nos looks da estação mais quente do ano.

Mas, como nada nesse mundo é perfeito, é comum observar mulheres que tem com corpo super malhado e a panturrilha, mais conhecida como batata da perna, desproporcional em relação ao resto do corpo. Para solucionar esse problema entra em cena a colocação das próteses de panturrilhas que é a nova sensação entre as mulheres que estão insatisfeitas na hora de expor essa parte do corpo. “Depois da colocação do silicone nos seios e no bumbum agora é vez das pernas ganharem próteses para garantir aquele visual turbinado. O que percebo aqui no consultório é houve um aumento significativo por essa cirurgia” diz o Cirurgião Plástico João Amorim que é Membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica.

A Prótese de Panturrilha é indicada para pacientes que acham que sua panturrilha ou batata da perna é muito fina, ou seja, por motivos estéticos, pois ao aumentar o volume dessa região o contorno das pernas torna-se mais harmônico em relação às coxas. Mas a prótese pode ser uma recomendação médica no caso de seqüelas por paralisia, fraturas ou anomalia genética. De acordo com cirurgião plástico João Amorim a prótese fica alojada sobre o músculo, o que proporciona um volume natural. “Essa naturalidade acontece porque a projeção produzida pela prótese de panturrilha é mais posterior do que lateral, ou seja, a “batata da perna” terá seu volume aumentado principalmente atrás da tíbia (canela), sendo mais visível de trás do que pela frente” explica o cirurgião.

No que diz respeito a cicatriz as mulheres podem ficar tranqüilas ela é bem discreta porque a incisão é feita na parte posterior do joelho, perto da chamada “dobrinha”.

A recomendação após a cirurgia é que a paciente utilize meias elásticas e ande com calçados com salto tipo médio. Assim, a prótese fixa-se local correto. João Amorim complementa dizendo que a paciente deve repousar durante três dias.

Depois de quinze dias pode retomar as atividades normais e um mês após a cirurgia de pode praticar exercícios físicos. “Depois deste período pode desfilar com pernas torneadas e maravilhosas” finaliza o cirurgião.

SERVIÇO:
Dr. João Amorim.
Fone: (081) 3222.2089.

Pin It

Comments are closed.

« »